Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fontes, bebedouros e chafarizes

Fontes, bebedouros e chafarizes

28
Fev18

Fonte dos Olhos, ou Fonte Nova, Longroiva, Guarda

JL

Também de águas termais, mas de sabor desagradável. Neste momento, encontra-se desativada. De acordo com a população, as suas águas são excelentes para os olhos. Daí o nome porque é conhecida. 

IMG_9243.jpg

Não se consegue ver o seu interior, devido à porta de vidro, de gosto duvidoso. 

IMG_3155.jpg

 Uns metros à sua frente, encontra-se uma pequena pia enterrada no solo, ao nível do passeio, o que constitui um perigo, para os mais distraídos. 

IMG_9244.jpg

IMG_3157.jpg

Outras fontes em Longroiva: Fonte da Concelha, Fontanário, Chafariz.

27
Fev18

Fonte da Concelha, Longroiva, Guarda

JL

Recentemente visitei a zona de Vila Nova de Foz Coa, onde me deparei com algumas fontes muito bonitas e, felizmente, bem preservadas. Uma delas é esta de que falo hoje aqui. Como se pode ver pelas fotos, apresenta uma água bastante cristalína, graças à nascente que se encontra na montanha por detrás da mesma. É, por isso mesmo, uma fonte com água potável e muito estimada pela população de Longroiva.

IMG_9292.jpg

IMG_9294.jpg

IMG_9293.jpgApesar dos locais dizerem que é romana, data do século XVI, seguindo um estilo manuelino mas com elementos decorativos barrocos. A sua planta é quadrangular, com uma cobertura piramidal, coroada com uma esfera armilar e um nicho. Segundo informação popular, o nicho teve uma pintura de uma imagem de Santo António que, com o decorrer dos tempos, se foi apagando. A sua fachada apresenta um arco de volta perfeita, fechado ao centro pelo brasão manuelino. O seu espaço interior é preenchido por um tanque, vendo-se, numa das laterais, uma conduta que encaminha a água para a parte dianteira, facilitando a recolha da água. 

IMG_9297.jpg

Numa das cantarias, estão inscritas duas datas: 1766 e 1954, referentes a obras de beneficiação e embelezamento do local. 

IMG_9299.jpg

De referir que, para evitar que animais de maior porte se aproximassem da mesma, foi criado um pequeno átrio quadrado, formado por bancos corridos em pedra, e uma laje, na perpendicular, onde se nota o desgaste de vários séculos a servir de base a bilhas e cântaros. 

IMG_9296.jpg

Para aproveitamento da água, que está sempre a correr, seja verão, seja inverno, na parte exterior, há um pequeno tanque, ao nível do chão, para ser utilizado pelos animais e, um pouco ao lado, uns lavadouros. 

IMG_9303.jpg

IMG_9308.jpg

IMG_9305.jpg

Fonte: Águas Termais 

Outras fontes em Longroiva:  FontanárioFonte dos olhos, Chafariz; 

 

 

23
Fev18

Fonte da Rainha, antiga Fonte do Cano, Bragança

JL

Quando era miúda, a caminho da escola, passava sempre por esta fonte. Muitas vezes, nos dias mais quentes, fazíamos uma paragem e, as mais corajosas, conseguiam alcançar a bica para se refrescarem um pouco, o que gerava alguma inveja às mais pequenas e/ou mais medricas. Para nós, era o "Tanque de São Sebastião". Atualmente, está desativada e a necessitar de restauro. Contudo, ainda se consegue ler, esculpido na cantaria: "Fonte da rainha, Março de 1783".

IMG_8142.jpg

IMG_8141.jpg

IMG_8140.jpg

GPS: 41.8048758,-6.748073

Outras fontes em Bragança: Domus Muncipalis, Tanque de S. Vicente, Tanque do Loreto, Taça do peixe, Jardim António José de Almeida, Fonte dos Alfaiates, Fonte da Avelaina, Fonte das FontainhasFonte do JorgeRotunda do SaborRotunda dos Touros.

22
Fev18

Tanque do Loreto, Bragança

JL

Tanque em granito, lavrado. Antigamente, também era chamada de "Fonte da Preguiça". Como se pode ver pelas fotos, ainda corre água abundante mas de qualidade não controlada. Atualmente, está perfeitamente inserida no meio urbano, o que não acontecia quando foi construida. Segundo Abade de Baçal, "Fica à beira da estrada em macadame de Bragança a Mirandela e contíguo à cidade. É todo de granito lavrado, de muita capacidade e de abundante manacial. Deve ser posterior a 1721, pois Borges* não faz dele menção. Também de alto cai em bica a água para o tanque." 

*in, As memórias de Bragança, José Cardoso Borges, 1721

IMG_8064.jpg

IMG_8061.jpg

Outras fontes em Bragança: Fonte da rainha, Domus Municipalis, Taça do peixinho, Tanque de S. Vicente, Fonte dos alfaiates, Fonte no Jardim António José de AlmeidaFonte da Rainha, Fonte da Avelaina, Fonte das FontainhasFonte do JorgeRotunda do SaborRotunda dos Touros

21
Fev18

Taça do Peixe, Bragança

JL

Fonte, com vários repuxos, conhecida na cidade por Taça do Peixe ou Taça do peixienho, visto que está encimada por um peixe de onde sai água, pela sua boca. Data de 1957.  

IMG_7520.jpg

IMG_7519.jpg

IMG_7517.jpg

IMG_0180.jpg

IMG_7513.jpg

Outras fontes em Bragança: Domus MuncipalisTanque de S. Vicente, Tanque do LoretoTaça do peixe, Jardim António José de AlmeidaFonte da Rainha, Fonte dos Alfaiates, Fonte da Avelaina, Fonte das FontainhasFonte do JorgeRotunda do SaborRotunda dos Touros.

20
Fev18

Tanque (Chafariz) em Argozelo, Vimioso

JL

Na Estrada Nacional 218, que liga Bragança a MIranda do Douro, em pleno centro da vila de Argozelo, situa-se este chafariz que contém uma inscrição curiosa. Atualmente, a maior parte das fontes apresenta a informação se a água é ou não potável. Aqui, o importante é informar acerca da proibição de introduzir objetos no tanque... 

Argozelo, tal como a sua vizinha Carção, está ligada ao Judaísmo. Nas aldeias mais próximas, ainda se fazem comentários sobre o ar de judeus dos seus habitantes e como, no geral, são bons negociantes. Noutros tempos, o curtimento de peles era uma das atividades preferidas, daí serem apelidados de "peliqueiros". Prova destes anos de Judaísmo é uma cruz, com mais de 350 anos, no Largo do Sagrado, bem como os locais onde existiram tanques onde eram tratadas as peles que negociavam, um pouco por todo o nordeste transmontano.

Nota: este tanque está incompleto. Na parte superior do mesmo, ainda são visíveis as marcas onde se devia encontrar o brasão da vila. É provável que tenha sido retirado para restauro, uma vez que todo ele se encontra muito bem pintado.

IMG_8152.jpg

IMG_8147.jpg

IMG_8146.jpg

 

19
Fev18

Fonte da Cancela, Outeiro, Bragança

JL

Esta é a quarta fonte da aldeia de Outeiro que aqui publico. Não é de surpreender a existência de tanta fonte, nesta antiga vila do distrito de Bragança: foi sede de concelho entre 1514 e 1853 e, em 1849, tinha 4 801 habitantes. Atualmente é uma pequena aldeia, com vários monumentos a merecerem uma visita. 

Esta fonte fica bem perto da basílica de Santo Cristo, como se pode comprovar numa das fotografias publicadas. Noutros tempos, foi muito importante para as pessoas que moravam neste bairro da aldeia. Atualmente, já pouca água leva.

IMG_8191.jpg

 

IMG_8193.jpg

 

IMG_8195.jpg

Outras fontes nesta localidade:  Fonte do OlmoTanque e um Fontanário

 

Pág. 1/3

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2003
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2002
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2001
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2000
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1999
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1998
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1997
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1996
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1995
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D