Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fontes, bebedouros e chafarizes

Fontes, bebedouros e chafarizes

28
Jan19

Fonte na Rua da Fonte, Santa Joana, Aveiro

JL

Apesar de estar no centro de umas das maiores freguesias de Aveiro, não quer dizer que a atenção para com ela seja maior. Está praticamente abandonada e com um aspeto muito degradado. A cobertura que foi aplicada sobre os tanques é de péssimo gosto, além de perigosa para a saúde humana. Apresenta uma placa com a data de 1930.

IMG_8096IMG_8095

GPS: 40°37'47.9"N 8°37'03.5"W

Outras fontes nesta freguesia: Fonte na Quinta do Torto, Fonte na Rua de S. Brás e Fonte da Azenha. 

27
Jan19

Fonte na Quinta do Torto, Santa Joana, Aveiro

JL

Mais uma fonte completamente abandonada, desta vez na periferia de Aveiro. Na cabeceira da fonte ainda se nota uma pedra gravada, indicando data e pertença da mesma. Infelizmente, já só se conseguem ler algumas letras e um ou outro número, sendo impossível construir qualquer frase... 

IMG_9971IMG_9972IMG_9974

Outras fontes nesta freguesia: Fonte da Rua da Fonte, da Rua de S. Brás e Fonte da Azenha. 

27
Jul18

Fonte das Luzes, Ovar, Aveiro

JL

Esta foi a fonte de Ovar que mais me custou fotografar. Foi-me indicada por um funcionário camarário mas quando me dirigi na direção apontada fi-lo completamente descrente, pois achei que estava a ser enganada. Contudo, do outro lado da rua, com alguma dificuldade, por detrás das heras, consegui vislumbrar uma parte do típico azulejo das fontes ovarenses. Só procurando online é que percebi qual a mensagem: 

“Fonte que choras de mágoa
Como tu é a dor do mundo
Começa num fio de água
E acaba num mar profundo”

Segundo a mesma publicação, que data de 1996, a fonte é bastante antiga, não se sabendo ao certo o ano da sua fundação. Todavia, já nessa altura, estava bastante degradada. 

IMG_5134.jpgIMG_5138.jpgIMG_5135.jpgIMG_5133.jpg

Outras fontes em Ovar: Fonte dos PelamesFonte da Vila, Fonte da Ponte Nova, Fonte da Arruela, Fonte dos Combatentes, Fonte Júlio DinizFonte da Mota, Chafariz de Neptuno.  

 

25
Jul18

Fonte da Mota, Ovar, Aveiro

JL

Fica numa das entradas mais a norte do Parque Urbano de Ovar e no seguimento da Fonte da Vila. Também conhecida por Fonte das Samaritanas. Segundo uma página da região, a água daqui era muito procurada, para fins terapêuticos e medicinais. Das três fontes do Parque Urbano é, talvez, a mais abandonada/grafitada. Contudo, a quadra que a encima é, provavelmente, a mais bonita de todas: 

IMG_2616.jpgIMG_2615.jpgIMG_2614.jpg

Outras fontes em Ovar: Fonte dos Pelames, Fonte da Vila, Fonte das Luzes, Fonte da Madria, Fonte da Arruela, Fonte dos Combatentes, Fonte Júlio Diniz, Fonte da Ponte Nova, Chafariz de Neptuno.

24
Jul18

Fonte da Vila ou Fonte de Baixo, Ovar, Aveiro

JL

Provavelmente, uma das mais antigas da cidade, fica próxima da Fonte dos Pelâmes, no topo sul do Parque Urbano de Ovar, junto à saída para a Rua Alexandre Herculano. É a fonte com mais nomes na cidade! "Fonte de Baixo" advém-lhe do facto de ficar um pouco abaixo de uma outra, a da Mota. Os mais velhos, chamam-lhe "Fonte da Olaria", por se encontrar junto ao antigo Bairro das Olarias. Também há quem a trate por "Fonte das Figueiras" pois este era o nome dado à Rua Alexandre Herculano. 

Apresenta o típico painel de azulejos azul e branco, com quadra condizente, comum a várias fontes de Ovar. Contudo, a quadra já não pode ser posta em prática, sob pena de por em causa a saúde de quem o tentar...

IMG_5046.jpgIMG_5049.jpgIMG_5048.jpgIMG_5047.jpg

Outras fontes em Ovar: Fonte dos Pelames, Fonte das Luzes, Fonte da Arruela, Fonte dos Combatentes, Fonte Júlio Diniz, Fonte da Ponte Nova, Fonte da Mota, Chafariz de Neptuno.

23
Jul18

Fonte dos Pelames, Ovar, Aveiro

JL

Ovar é uma cidade de pequena dimensão, facilmente visitável num dia e com bons acessos de comboio. No seu perímetro urbano, encontramos várias fontes, a maior parte bem conservadas. Próximo da estação, fica o Parque Urbano de Ovar. É bom vermos que as autoridades responsáveis resistiram ao "betão", deixando à população local um agradável espaço verde, bem no centro da cidade. Pena mais cidades não seguirem este exemplo.

Quem chega de comboio, e segue em direção à rua Dr. António José de Almeida, encontra a primeira fonte do Parque Urbano: a Fonte dos Pelames. Numa das suas pedras, é possível ler a data de 1871. A cor no local dá-nos a ideia que estamos perante uma água férrea, com indicações medicinais, noutros tempos. Segundo pude averiguar, o nome advém do lugar onde antes existiram tanques de curtume de courama. É uma das poucas que não tem azulejos com quadras... 

IMG_5032.jpgIMG_4243.jpgIMG_4238.jpgIMG_5034.jpgIMG_5033.jpgIMG_5035.jpg

Data: 1871

Outras fontes em Ovar: Fonte da vila, Fonte das luzes, Fonte da Arruela, Fonte dos Combatentes, Fonte Júlio Diniz, Fonte da Ponte NovaFonte da Mota e Chafariz de Neptuno.

 

18
Jul18

Fonte na Estrada Nacional 2, Km 714,6, Alportel, Faro

JL

A propósito do Grande Prémio Portugal Nacional 2, que por esta hora se inicia em Chaves, publico a contribuição de um amigo, apaixonado não só pelas bicicletas como também por esta estrada nacional. A acompanhar as fotografias, enviou o seguinte texto:

Um dos parques de descanso/merendas, com fonte e bebedouro situado na Estrada Nacional 2 (EN2)*, este, já desativado e vandalizado, situa-se ao Km 714,6 em plena serra do Caldeirão já próximo de S. Brás de Alportel. Não consigo saber a data de construção, mas existe nas proximidades uma casa que data de 1944 e que foi habitação do cantoneiro: homem que fazia a manutenção da estrada e do parque. Logo, o parque deve ser mais ou menos da mesma altura.

Sobre a Estrada Nacional 2:

* Foi Estrada Real nos finais do séc. XIX. Em 1884 era a Estrada Distrital N128 e o seu percurso ia de Faro a Castro Verde; em 1910 era a Estrada Nacional N17 e o seu percurso já ia de Faro a Beja. Posteriormente foi a Estrada Nacional N19-1 assumindo, definitivamente, o título de Estrada Nacional 2, em 1944. Esta, faz a ligação entre Chaves e Faro num percurso vertiginoso pela espinha dorsal do país. Os 738,5 km fazem dela a mais extensa estrada nacional e da Europa e a 3ª maior estrada do mundo. É a única que atravessa Portugal de lés a lés, passando por 11 distritos e 34 concelhos.

Obrigada, Jorge, mais uma vez, pela tua contribuição!

IMG_20180705_095709.jpg

IMG_20180705_095651.jpg

IMG_20180705_095630.jpg

IMG_20180705_095731.jpg

IMG_20180705_095744.jpg

IMG_20180705_095758.jpg

07
Jul18

Fonte na Rua da Fonte, Angeja, Albergaria-a-Velha, Aveiro

JL

Continuando na estrada que liga a vila de Angeja ao resto do concelho de Albergaria, nomeadamente a São João de Loure e a Alquerubim, passamos na rua da Fonte, onde, de um modo discreto, encontramos esta fonte em azulejos. Apesar de estar em funcionamento, a água é não potável. Apresenta alguns sinais de degradação:

IMG_7106 (1).jpg Outras fontes em Angeja: Chafariz de Angeja, Fonte da Variante.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2003
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2002
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2001
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2000
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1999
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1998
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1997
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1996
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1995
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D