Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fontes, bebedouros e chafarizes

Fontes, bebedouros e chafarizes

27
Abr19

Fonte da Vitória, Guimarães, Braga

JL

Projetada em 1952, pelo arquiteto J. Sequeira Braga, foi encomendada ao escultor Eduardo Tavares. A ideia era comemorar o milénio da existência de Guimarães e o centenário da sua elevação a cidade. O autor resolveu representar a figura da vitória ou independência, sob a forma de uma mulher que se ergue para enfrentar o vento. Por causa da jovem representada, há quem lhe chame Maria da Fonte, numa alusão à rebelião popular, que teve início do Minho e se alastrou por todo o país, liderada por Maria da Fonte, uma jovem natural de Fonte Arcada (Penafiel). Contudo, não foi uma homenagem a essa mulher que esteve na origem desta fonte.

Com as obras realizadas na cidade, em 2011, aquando do programa Guimarães, Capital Europeia da Cultura, veio para onde está, atualmente.

IMG_4017.jpegIMG_4028.jpegIMG_4027.jpeg

GPS: 41.4444458,-8.297544

Outras fontes nas proximidades: Fonte da Misericórdia, Chafariz de D. João I, Chafarizes do largo João Franco

31
Mar19

Rotunda da Fonte Cibernética, Viseu

JL

Historicamente, funcionou neste local a estação de caminho-de-ferro de Viseu. Situada numa confluência das principais artérias da cidade, a rotunda cibernética é envolvida por uma zona ajardinada, num contraste entre o verde vivo da relva e a palete cromática das suas flores. A água do chafariz central é projetada numa “dança” cronometrada, com um conjunto de focos de luz multicolor. Daí a sua designação.

Fonte: Visit Viseu

 

IMG_0439.jpegIMG_0436.jpeg

GPS: 40.6646359,-7.9159591

Outras fontes em Viseu: Rotunda luminosa, Chafariz das Três BicasRotunda Carlos Lopes, Fontanários de Santa Cristina, Chafariz de São Francisco, Chafariz do Largo Pintor Gata,

27
Mar19

Rotunda Carlos Lopes, Viseu

JL

Viseu é uma cidade conhecida pelas suas imensas rotundas. A maior parte delas, apresenta-se bem cuidada e com algum elemento decorativo. O monumento aqui apresentado, simboliza o momento em que o atleta viseense Carlos Lopes ultrapassa a meta, em Los Angeles, vencendo a maratona olímpica, em 1984.

IMG_4649.jpeg

GPS: 40.65958, -7.923361

Outras fontes em Viseu: Rotunda luminosaChafariz das Três BicasFontanários de Santa CristinaChafariz de São Francisco, Rotunda da fonte cibernética.

25
Mar19

Rotunda Sul, Vila Nova de Foz Côa, Guarda

JL

O ano passado tive a oportunidade de voltar a Foz Côa. Quando vivia no Alentejo, costumava fazer aqui uma pausa, na longa viagem de/para Bragança. Era um local calmo, com pouco movimento e seguro para um café ou uma refeição rápida. Desde então, muita coisa mudou nesta cidade, com nome de "vila", graças aos diversos sítios de arte rupestre e à atribuição do prémio de Património da UNESCO. 

Atualmente, quem recebe os visitantes que chegam do sul é esta rotunda que, à noite, é iluminada.

IMG_8905.jpg

GPS: 41.0744872, -7.1518396

Outras fontes em Foz Côa: Fonte da Lameira

07
Fev19

Chafariz no Largo Primeiro de Dezembro, Albergaria-a-Velha, Aveiro

JL

No centro de Albergaria, um chafariz que merecia mais atenção, pois está registado no SIPA (Sistema de Informação para o Património Arquitetónico), com o número IPA.00021623. Supõe-se que seja do século XIX.

IMG_3268

GPS: 40.6926422,-8.4789909

Outras fontes em Albergaria-a-Velha: Rotunda de homenagem aos Bombeiros, Jardim da Praça Ferreira Tavares, 

19
Abr18

Rotunda do Sabor, Bragança

JL

Esta rotunda tem como nome oficial "Rotunda em Homenagem à população rural do concelho". Contudo, é mais conhecida como Rotunda dos Burros ou Rotunda do Sabor, por se situar ao fundo da antiga Avenida do Sabor, atual Avenida de Zamora. Com este monumento, a Câmara Municipal pretendeu homenagear todos os agricultores do concelho que, ao longo de gerações, contribuíram para o desenvolvimento da economia bragançana.

Foi criado um arco sobre um espelho de água, para fazer lembrar uma ponte, sobre a qual está colocada a escultura emblemática: três figuras, que representam habitantes da região, acompanhados por três burros carregados com “ sacas de brasas e carvão, feixes de urze, produtos da terra e outras mercadorias que o Mundo Rural fornecia para abastecer a cidade”.

O monumento, da autoria do escultor Barata Feyo, foi inaugurado a 25/05/2005. 

Fonte: Jornal Nordeste

IMG_0061.jpgIMG_0067.jpg

IMG_0053.jpgIMG_0055.jpg

Outras fontes na cidade de Bragança: Domus Municipalis, Tanque de S. VicenteTanque do LoretoTaça do peixe, Jardim António José de Almeida, Fonte da Rainha, Fonte do Jorge, Fonte dos Alfaiates, Fonte da Avelaina, Fonte das Fontainhas, Rotunda dos Touros.

 

 

 

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2005
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2004
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2003
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2002
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2001
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2000
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1999
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1998
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1997
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1996
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 1995
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D